Albergue ecológico construído em bambu na Bahia Albergue ecológico construído em bambu na Bahia

Publicado em 10/10/2016

O bambu O bambu foi escolhido como sistema construtivo para este albergue ecológico por ser um produto abundante na região

Albergue ecológico construído em bambu na Bahia Albergue ecológico construído em bambu na Bahia
Foto: Divulgação - Marcos Altgelt

O bambu foi escolhido como sistema construtivo para este albergue ecológico por ser um produto abundante na região, mas por incrível que pareça não havia mão de obra no lugar. Com a ajuda de especialista os arquitetos resolveram montar um centro de capacitação na obra e ensinar aos locais como utilizar este e outros métodos construtivos sustentáveis. O terreno do albergue está localizado em um vale ao redor de morros que dão nome a ilha Morro de São Paulo, na Bahia. Com difícil acesso para o turismo em massa, a mata em volta convida a hospedagem de uma forma diferente. O projeto planejou explorar este enquadramento com baixo impacto ambiental. Neste sentido a primeira revisão foi a escolha das opções de elementos indispensáveis ​​para o local, no que diz respeito às condições climáticas. A  IR Arquitectura desenvolveu dois tipos de módulos espaciais de dimensões diferentes, mas com o mesmo critério construtivo. A disposição das partes responde à detecção das clareiras naturais que a floresta apresenta. O módulo de dimensões mínimas, de 3,20 m x 3,20 m, responde aos programas de menores demandas de áreas, como quartos privados, sanitários e serviços gerais. Os de maior envergadura, de 6,40 m x 6,40 m, abrigam usos comuns: cozinha com sala de refeições, salão de usos múltiplos e albergue. Se medirmos a pegada de carbono de uma obra, um fator determinante na quantidade final é a procedência dos materiais e os processos de construção dos mesmos. Para diminuir esse impacto a quase zero, os módulos foram projetados para serem construídos majoritariamente em bambu Guadua. Essa decisão proporcionou uma oportunidade adicional. Uma das maiores plantações dessa espécie na América Latina fica a poucos quilômetros da ilha, mas a construção com materiais desse tipo surpreendentemente não é comum na ilha, simplesmente porque a mão de obra não está habituada a fazê-la. Do mesmo modo, a utilização de telhados verdes e sistemas de gestão de energias com técnicas simples e baratas não são de conhecimento comum. Esses conhecimentos poderiam representar uma opção altamente econômica e eficaz de construção de habitações para os habitantes locais. Esse fato descrito levou aos arquitetos a desenvolverem um “projeto de execução do projeto”. Uma implantação em etapas na qual estiveram envolvidos especialistas comandando equipes de moradores locais com a realização de oficinas de capacitação para a construção de biodigestores, sistemas de fitorremediação e aquecimento solar térmico. Somados a um plano de coleta de óleos de cozinha para seu posterior tratamento no terreno, produção de glicerina e biocombustível e um circuito sólido de produção e consumo de alimentos Mais do que uma construção de um albergue ecológico feito em bambu, representou para toda a ilha um teste de caso em termos de reformulação das formas de intercâmbio econômico, ambiental e educativo. Albergue ecológico construído em bambu na Bahia - http://sustentarqui.com.br/construcao/albergue-ecologico-construido-em-bambu-na-bahia/ Por favor, sempre faça referência à fonte de onde você está copiando.

Fonte: Fonte: IRarquitectura 


Categorias: Notícias

Comentários

 

 

Mais Notícias

Página 1 de 90