Conheça a primeira escola 100% sustentável da América Latina

Publicado em 30/10/2016

Imagina estudar em uma escola 100% sustentável que pode demonstrar na prática a importância dessas pequenas atitudes?

Conheça a primeira escola 100% sustentável da América Latina
Foto: Divulgação Escuela Sustentable.

As atitudes que tomamos hoje serão determinantes para o futuro do nosso planeta! Esta afirmação precisa ser ensinada as nossas crianças desde pequenas.

A educação vem de casa, a partir de bons exemplos e pequenas ações que inspirem as crianças. Porém as escolas também têm um papel muito importante na formação dos nossos pequenos cidadãos.

Agora, imagina estudar em uma escola 100% sustentável que pode demonstrar na prática a importância dessas pequenas atitudes?

Jaureguiberry, uma comunidade costeira no Uruguai, possui cerca de 500 habitantes e foi o local escolhido pelo arquiteto norte-americano Michael Reynolds, conhecido por reaproveitar resíduos retirados do meio ambiente, para abrigar a Escuela Sustentable, a primeira escola da América Latina totalmente sustentável.

Como não poderia ser diferente, diversos materiais foram reaproveitados para a construção do edifício, que possui uma área total de 270m². Confira o que o arquiteto conseguiu reutilizar:

  • 2000 pneus;
  • 5000 garrafas de vidro;
  • 2000 m² de papelão;
  • 14000 latas de alumínio.
ecoescola_uruguai3
O reaproveitamento de materiais marcou a construção desta escola.

A construção da escola teve como base a bioarquitetura, que busca construir respeitando ao máximo a natureza, reduzindo o impacto ambiental e os custos operacionais. Cerca de 60% dos materiais utilizados são reciclados e a obra só foi possível graças a um financiamento privado e o esforço da Tagma, uma organização não-governamental. Mais de 200 voluntários de 30 países participaram da construção do colégio, que também contou com o apoio de toda a comunidade.

ecoescola_uruguai2
Além da comunidade, voluntários de 30 países ajudaram na construção do colégio.

Toda a eletricidade da escola é conseguida por meio de painéis fotovoltaicos. Não há ligação com a rede elétrica local, e o excedente de energia é armazenado em condensadores. Um sistema de captação da água da chuva também foi projetado, o que garante o abastecimento para os banheiros e a rega da horta, que produz alimentos fresquinhos e saudáveis para a hora do recreio. Como a palavra desperdício não entra nessa escola, os resíduos orgânicos também são aproveitados e, após a compostagem, servem como fertilizantes naturais para a horta.

ecoescola_uruguai
A escola tem capacidade para receber até 100 alunos.

A Escuela Sustentable possui cerca de 45 alunos, mas a meta é conseguir receber 100 crianças, que terão acesso a uma metodologia  de ensino que promove o uso eficiente dos recursos naturais e a preservação do meio ambiente. Aulas na horta da escola também fazem parte do programa e, com isto, os alunos passam a ser os responsáveis diretos pelo plantio, cuidado e colheita dos orgânicos.

ecoescola_uruguai5
Detalhes arquitetônicos da Escuela Sustentable.

Sem dúvida, esta escola representa um avanço no ensino de sustentabilidade para as crianças, que podem vivenciar questões que, algumas vezes, ficam apenas no campo teórico. Demonstrar na prática a importância de reaproveitar a água da chuva e os cuidados necessários para que uma horta produza alimentos saudáveis facilita o entendimento da criança, que pode inclusive compartilhar tudo que aprendeu com seus familiares, passando o conhecimento adiante. Gostou desta história inspiradora? Então compartilhe você também com seus amigos e vizinho.

Fonte: Condominios Verdes


Categorias: Notícias

Comentários

 

 

Mais Notícias

Página 1 de 90